Instalando Placa Wireless Atheros no Fedora 8

abril 10, 2008

Como iremos usar o MadWifi, ele pode funcionar com outras placas wireless, mas eu testei com  Atheros AR5212. Veja a lista de placas compativeis.

Primeiro será necessário inserir o repositorio Livna, se ele já não estiver configurado nessa maquina.

Baixe o pacote:

#wget  http://rpm.livna.org/livna-release-8.rpm

Efetuei e instalação

# rpm -ivh livna-release-8.rpm

Então vamos a instalação do Madwifi

# yum install madwifi kmod-madwifi

Depois disso será necessário configurar os modulos:

# vi /etc/modprobe.conf

E inserir o seguinte conteudo:

## Inicio da conf do Atheros
alias wifi0 ath_pci
alias wlan0 ath_pci
options ath_pci autocreate=sta
## Fim

No Fedora 8, a minha placa foi reconhecida no momento da instalação, porém não conseguir entrar em nenhuma rede Wireless. Fui informado que o modulo que foi utilizado automaticamente não é correto.

Se houver outra linha com wlan0, comente colocando o caracter # no inicio da linha.

Quando eu rebotei a maquina após efetuar esses passos, eu tive o seguinte retorno quando ele tentou carregar a placa wireless.

Error Wireless request “Set Mode” (8B06)

SET failed on device wlan0 ; invalid argument

Quando dei uma pesquisada na internet, verifiquei que quando mudamos o modo de atuação dessa interface o problema é resolvido.

entre no arquivo /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-wlan0 e modifique no seguinte ponto:

MODE=Managed #==> Mudei de auto para managed

Porém ainda não sei a razão dessa mudança, mas irei pesquisar e postarei aqui! Até mais!

Fontes : fedorasolved.org e under-linux.org

Anúncios

Fedora procura Mirror publico

abril 2, 2008

Com 200 Mirrors atuando de forma voluntária, divididos por todo globo. Atendendo a todos os usuários existentes do Fedora.

Com o lançamento do Fedora 9 se mostrou necessário o advento de novos mirrors, com mais urgencia em alguns países, tal como China, Brasil, India e Africa, pois esses tem seus mirrors congestionados com frequencia. Isso por conta que o aumento de usuários não foi acompanhado pelo aumento dos mirrors.

Para se tornar um mirror publico basta ter mais de 1 TB de espaço livre em disco para essa operação e uma boa conexão a internet. No documento de orientação, é descrito uma velocidade de 100Mbit/seg, mas acredito que não se aplique a realidade brasileira ainda.

Quem estiver interessado é somente seguir as instruções desse endereço e contribuir com a comunidade Fedora.

O Projeto Fedora agradece.


Quem ajuda na construção do Kernel Linux!

abril 1, 2008

Quem ajuda na construção do Kernel Linux!

Por mais incrivel que possa parecer para algumas pessoas fora da comunidade, quase 25% das contribuições não tem qualquer empresa responsável. São ou empresas que preferem não se identificar ou pessoas que trabalham de forma voluntária.

Isso reafirma a idéia que a comunidade pode ajudar sem um retorno financeiro direto, porém as empresas e/ou organizações participam firmemente dessa construção. Assim somando os 75% restantes.

Quem ajuda na construção do Kernel Linux!

Tendo como empresas principais na lista em e 3º a Red Hat (Já era de se esperar) e Novel, IBM e Intel com os 4º, 5º e 6º lugar respectivamente. Sem contar que o ranking por pessoa, temos Al Viro e David S. Miller, ambos funcionários da Red Hat.

Quem ajuda na construção do Kernel Linux!

Seria isso o melhor dos mundos no cenário capitalista? As empresas patrocinando os desenvolvedores de SL?

Como motivar novas empresas a terem essa atitude? O problema é mostrar o quanto de dinheiros elas terão de retorno e nem todas conseguem ter o retorno desejado ou as vezes não consegue enxerga-lo.

É uma questão de estrategia.

Nesse link temos um descritivo que foi a base informativa desse post.


Script para mudança do horário de verão

fevereiro 22, 2008

Aqui na Bahia não teremos esse problema, porém temos nossos amigos usuários de Linux que ainda passam por esse processo de contenção de custos e assim ainda precisam de nossa ajuda.

Então divulgo essa informação que obtive em uma newsletter do DicasL:

Conforme informações obtidas no link ->
http://www.rnp.br/cais/alertas/2007/cais-alr-20071005.html, executei a
mudança na informação de zona Brazil/East com sucesso e meu sistema ficou
atualizado automaticamente.

Fui um pouco adiante e escrevi um script para fazer o trabalho automaticamente.
Segue abaixo o script horario-verao-2007-2008.sh:

#!/bin/sh
# Script criado para alterar o zoneinfo Brazil/East para o horario
# de verao 2007-2008 – baseado em http://www.rnp.br/cais/alertas/2007/cais-alr-20071005.html
# Marcelo Conti – 12/2007

hwc=`which hwclock`
ntp=`which ntpdate`
zic=`which zic`

if [ ! $( id -u ) -eq 0 ]; then
echo “Digite a senha para Sudo.”
exec sudo sh -c “$0” # Executar o script como root
exit ${?} # retorna erro se nao executar
fi

cd /usr/share/zoneinfo/Brazil

echo “Rule Brazil 2007 only – Oct 14 00:00 1 S” > verao2007.zic
echo “Rule Brazil 2008 only – Feb 17 00:00 0 -” >> verao2007.zic
echo “” >> verao2007.zic
echo “Zone Brazil/East -3:00 Brazil BR%sT” >> verao2007.zic

$zic verao2007.zic

cd /etc
mv localtime localtime.default

ln -s /usr/share/zoneinfo/Brazil/East /etc/localtime

$ntp br.pool.ntp.org
$hwc –systohc

Espero que seja util, pois, resolveu meu problema. Criticas, dúvidas e
sugestões para melhorar são bem aceitas.

Foi testado em CentOS 4.5 e Ubuntu 7.10.


Não adianta somente usar, tem que colaborar!

fevereiro 19, 2008

Um das maiores reclamações feita pela comunidade OpenSource é sobre empresas que somente querem utilizar ferramentas livres sem que seja efetuada nenhuma contribuição para o melhoramento desses softwares.

Google

A gigante Google depois de muito utilizar o Wine para portar seu software Picasa para o linux, resolveu contribuir com o projeto Wine-Devel e conseguiu sucesso ao utilizar o Photoshop sobre o Wine. Até foi comentado no blog da divisão Opensource da empresa que era utilizado o produto Crossover da CodeWeavers.

O unico problema com a utilização para alguns brasileiros é a restrição para softwares piratas que infelizmente é uma realidade até mesmo em gráficas profissionais do mercado atual. Não sei se essa restrição é técnica ou simplesmente moral.

Atualmente o Gimp tem sido o suficiente para mim.

Quem quiser acompanhar o desenvolvimento do projeto feito pela Google, visite esse link.